Centros Espíritas Aniversariantes e um pouco de história – Março 2018

“Além das casas espíritas aniversariantes, o mês de março guarda notícias históricas relevantes para o Movimento Espírita Pernambucano.
  • Em 07 de março de 1942 surgia no cenário espírita do Estado o Instituto Espírita João Evangelista, com sede à Rua Santo Elias, 288, no bairro do Espinheiro – Recife. Além das atividades pertinentes ao centro espírita, o IEJE mantinha ensino primário, admissão e ginasial, cursos profissionalizantes, um lar para crianças abandonadas e um hospital maternidade que funcionava na Avenida Visconde de Suassuna, 512, no bairro da Boa Vista, em Recife. O Instituto funcionou por 15 anos.
  • Em março surgiu um novo logradouro na cidade do Recife denominado Rua Blandina Philippini Ferreira, à grande oradora espírita, também conhecida carinhosamente como a “Patativa do Nordeste”. A homenagem foi pleiteada pela CEE – Comissão Estadual de Espiritismo e sancionada pela Lei Municipal nº 11.551 de  09 de março de 1975. Blandina atuou com afinco durante muitos anos como trabalhadora da Federação Espírita Pernambucana, como integrante também do departamento feminino da FEP.
  • Divaldo Pereira Franco recebeu em 24 de março de 1986 o Título de Cidadão Pernambucano concedido pela Assembleia Legislativa do Estado. A solenidade ocorreu no Teatro Santa Isabel com a presença de vários convidados e de grande número de representantes das casas espíritas de Pernambuco.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *