Evangelização Infantil

Informações do DIJ

– Tipo de atividade: evangelização de crianças (de 3 a 12 anos) e jovens (de 13 a 25 anos)
– Dias e horários: Todo domingo, conforme horários abaixo:
– Mocidade(20 a 25 anos) – 14h – 15h30
– Juventude 3 (17 a 19 anos) – 15h30 – 17h
– Juventude 2 (15 a 16 anos) – 15h30 – 17h
– Juventude 1 (13 a 14 anos) – 15h30 – 17h
– Infância (3 a 12 anos) – 16h – 17h
– Forma de acesso à atividade: presencial
– Objetivo(s) da atividade: formação de homens de bem, em conformidade com o Mandamento Maior de Jesus e com os caracteres descritos no Evangelho Segundo o Espiritismo (Cap. XVII, item 3).
– Contato com o responsável: dij@fepernambucana.org.br e pelo fone (81) 98219.5927 (preferencialmente por whatsapp)

================================================================================

 

 


Com diretrizes orientadoras à tarefa de educação doutrinária, está disponível para download, a “Programação Pedagógica da Evangelização Espírita Infantojuvenil 2022”.

Organizado pelos trabalhadores voluntários do Departamento de Infância e Juventude (DIJ) da FEP, o documento poderá ser reproduzido e utilizado em sua íntegra como referência aos programas pedagógicos das instituições espíritas, respeitando-se sua essência e preservando-se os princípios da Evangelização Espírita.

Link para download da programação completa aqui!

“Este documento foi produzido pela equipe de tarefeiros do DIJ/FEP com o objetivo de compartilhar com o Movimento Espírita de Pernambuco diretrizes orientadoras à sublime Tarefa da Evangelização Infantojuvenil.

Poderá ser reproduzido e utilizado em sua íntegra como referência aos programas pedagógicos das Instituições Espíritas, respeitando-se sua essência e preservando-se os princípios da Evangelização Espírita.

É nosso desejo que o presente documento possa nortear de forma positiva a tantos quanto a ele recorrer, satisfazendo suas necessidades mais urgentes no âmbito da Tarefa. Auxiliando ao real entendimento da grandiosidade do trabalho abraçado e da importância de cada tarefeiro na construção do Homem de Bem.”