Ucuz ukash buradan alınır.
FEP – Federação Espírita Pernambucana » Arquivo do site » Federação Espírita Pernambucana – Nota Oficial
Home » Mais Destaques, Notí­cias

Federação Espírita Pernambucana – Nota Oficial

21 agosto 2012 3 Comentários

Recife, 21 de Agosto de 2012.

A FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA no exercício de suas atribuições como órgão federativo de Unificação do Movimento Espírita organizado em nosso Estado, considerando que sua ação federativa:

a) Assenta-se nas bases seguras da irrestrita confiança, fraternidade, solidariedade e do respeito mútuo;
b) Respeita a liberdade de cada instituição vivenciar e dirigir por si mesma, os ideais de seu Estatuto e de sua programação;
c) Sugere, estuda, aconselha, propõe, mas não impõe e nem absorve o que fere as suas bases organizacionais, federativas e doutrinárias;
d) Objetiva sempre a aproximação fraterna com as instituições espíritas que mantenham atividades doutrinárias em conformidade com a Codificação do Espiritismo, com vista ao fortalecimento do Movimento Espírita em Pernambuco;

Dá CIÊNCIA a todos os espíritas, associações espíritas e a sociedade em geral que:
a) Reconhece o legítimo direito do espírita, na qualidade de cidadão, candidatar-se a qualquer cargo eletivo;
b) Tem convicção plena de que os ensinamentos espíritas em muito pode ajudar na melhoria do nosso Mundo;
c) Tem consciência que a Casa Espírita, em seu espaço físico e em suas práticas acolhe indistintamente, sem discriminação de qualquer ordem, os que buscam sua participação sem concessão de privilégios ou distinções sejam elas religiosas, étnicas ou políticas;
d) Reafirma seu cuidado doutrinário de orientar as instituições espíritas pernambucanas a restringir o uso do seu espaço físico e doutrinário única e exclusivamente a divulgação e difusão do Espiritismo, tal qual foi codificado por Allan Kardec, sem qualquer vinculação explicita ou subliminar a correntes políticas e partidárias;
e) Confia na responsabilidade de consciência dos espíritas no exercício da sua liberdade de escolha cidadã;
f) ESCLARECE QUE NÃO TEM NEM APOIA QUALQUER CANDIDATO A CARGOS ELETIVOS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES A SEREM REALIZADAS EM NOSSO ESTADO E NO PAÍS;
g) DESAUTORIZA QUALQUER PESSOA, VOLUNTÁRIA OU NÃO DOS TRABALHOS QUE REALIZA, A REPRESENTAR, FALAR OU APOIAR QUALQUER CANDIDATO, EM NOME DA FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA.

O dever e o compromisso inadiável que a FEDERAÇÃO ESPÍRITA PERNAMBUCANA tem é com JESUS, nosso modelo e guia, e com o autentico ESPIRITISMO codificado por ALLAN KARDEC.

Ednar Santos
Presidenta da FEP.

3 Comentários »

  • Patrícia Melo disse:

    Prezada Ednar,

    Muito importante os esclarecimentos dados. Parabéns pela iniciativa de deixar claro qual o verdadeiro papel da FEP. Nos deixa muito orgulhosos em frequentar esta casa e nos focar nos ensinamentos da Doutrina Espírita.

    Abraços fraternos.

    Patrícia Melo

  • Jorge Luiz Monteiro disse:

    Parabenizo a iniciativa desta nota, em absoluta consonância às orientações de André Luiz, conforme verificamos na obra “Conduta Espírita”, Capítulo 10, nos seguintes dizeres: “Em nenhuma oportunidade, transformar a tribuna espírita em palanque de propaganda política, nem mesmo com sutilezas comovedoras em nome da caridade.” Entretanto, é forçoso reconhecer lapso ocorrido nas edições da revista Aurora, onde com sutileza, se admitiu a divulgação promocional de obra assistencial de um vereador do Recife, inclusive com inserção da mesma frase utilizada em sua campanha, fato que exponho apenas com a intenção de promover o enfrentamento claro e sincero das circunstância reais percebidas e comentadas no meio espírita e que no meu ver, merece uma manifestação direta quanto ao fato, inclusive com o devido pedido de desculpas pelo lapso ocorrido. A nota oficial é clara, não deixa dúvidas quanto ao rumo certo, todavia as edições da revista Aurora continuam sendo disponibilizadas para venda na livraria com a citada promoção sutil do candidato. O fato, assim, merece maiores esclarecimentos à comunidade espírita. Outrossim, deposito todo o respeito aos que com amor e dedicação, compõe a direção da FEP e seus órgãos de divulgação.

  • ednar disse:

    Prezado Jorge Luiz, corroboramos com a sua opinião quanto à necessidade de esclarecermos à Família Espírita a nossa posição com relação a esse momento, no caso, a participação de trabalhadores espíritas no processo eleitoral.

    Os Espíritas são também cidadãos e, portanto, têm todo o direito de pleitearem cargos eletivos. O que não pode ocorrer é o oportunismo em usar o Espiritismo e as casas espíritas como palanques, propagandas de campanha ou coisa que o valha.

    Com relação a sua opinião quanto à veiculação na Revista Aurora Espírita da obra assistencial de um dos trabalhadores da FEP que concorre às próximas eleições, tem toda razão. Não nos lembramos das eleições e não nos apercebemos, à época, das possíveis consequências da veiculação da imagem do candidato.

    Hoje, tomamos providências no sentido de não associar a imagem do trabalhador em outras tarefas ou eventos da FEP. Continuamos no empenho em minorar os possíveis danos e esperamos seja eficaz a nossa intenção.

    Agradecemos a você pela atenção e delicadeza com que tratou do assunto, principalmente por não “atirar pedras”, e sim, nos dando forças para resolver a situação.

    Que Deus o abençoe cada dia mais e muita Paz e Luz em sua caminhada.
    Fraternalmente.
    Ednar Santos – Presidenta da FEP

Deixe um comentário!

Adicione um comentário ou faça um trackback a partir do seu site.

Por favor, seja claro em seu comentário, evite fazer propagandas, auto-promoção ou uso de palavras de baixo calão. Agradecemos.

Você pode utilizar as seguintes tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Se você quiser ter o seu avatar aqui nos comentários, é necessário registrar-se no site Gravatar.com.